Receba nossa newsletter:

Notícias

18/08/2016

Táticas infalíveis para escapar do cheque especial

Se já virou rotina cair nessa cilada, nós te ajudamos a reassumir o controle financeiro
Cheque especial é o nome dado, no sistema financeiro brasileiro, ao crédito automático que o banco possibilita ao cliente caso ele necessite efetuar pagamentos ou transferências em sua conta, e não há saldo disponível. Conheça algumas táticas infalíveis para você não cair no terror do cheque especial:
Ligue para o gerente e peça para diminuir o limite da sua conta
Conversar com o gerente da conta corrente e explicar que não quer pagar nunca os juros do cheque especial é a principal forma de não ser pego pelos juros do chamado cheque especial. Dependendo do humor do gerente e do banco é possível zerar o valor de limite para o cheque especial. Assim, quando a conta chegar próximo do zero, e não houver dinheiro suficiente para cobrir uma conta, há um bloqueio automático da conta.
Tente usar dinheiro em vez de cartão de débito ou cheque
Vá ao caixa eletrônico ou ao caixa dos banco e vá sacando o dinheiro que será usado no dia-a-dia em vez de utilizar o cartão de débito ou cheque. O cartão de débito e o cheque não deixam claro a quantidade de dinheiro que ainda resta na conta corrente. Portanto, ao perder o controle dos números é muito fácil entrar no cheque especial, mesmo que por pouco tempo.
Se estiver perto do cheque especial, atrase alguma conta
Muitas vezes, o juros do cheque especial pode ser maior que o juros de atraso de uma conta. Dependendo da conta a ser paga, faça as contas e veja se compensa deixar de pagar a conta, pagando a multa em vez de pagar os juros do saldo negativo da conta corrente em consequência do pagamento da conta sem saldo suficiente.
Não deixe as contas em débito automático
Ao deixar contas em débito automático, é muito fácil perder o controle das despesas e cair no temido cheque especial. Portanto, pode ser melhor ter o controle das contas a pagar em mãos já que assim, pode-se atrasar algumas contas e adiantar outras tentando fugir do cheque especial.
Evite ter contas em bancos diferentes
Quando muda-se de emprego, algumas empresas exigem que o funcionário abra conta no banco de preferência da empresa. Essa prática pode ser contestada pelo empregado que pode pedir para que a empresa deposite seu salário na conta de sua preferência. Entretanto, se não for possível manter a conta antiga, o mais recomendado é encerrar a conta corrente no banco antigo e manter apenas uma. Isso evita que taxas sejam cobradas e o dinheiro vá se esgotando até chegar ao limite do cheque especial.

Dica Economiza: o débito automático é uma importante ferramenta para gerenciar bem as dívidas, mas é importante conhecer bem o valor do seu saldo para não correr o risco de gastar mais do que ganha. Para isso, recomendamos anotar sempre suas despesas!

Mais notícias

Atendimento

Segunda à sexta: 08h30 as 18h Sábado: horário marcado

Blumenau

Rua Goiás, 386, Garcia, Próx. à Souza Cruz
WhatsApp: 47 9 8438 3552
47 3037 7929

Itajaí

Rua Cônego Thomaz Fontes, 182, Próx. Shopping
WhatsApp: 47 9 8434-1134
47 3348 3565

Joinville

Rua 3 de Maio, 150, Próx. ao Museu da Imigração
WhatsApp: 47 9 8434 1131
47 3025 6969

Rio do Sul

Rua XV de Novembro, 303, Galeria do Cinema
WhatsApp: 47 9 8484 9294
47 3522 1010
LiveZilla Live Help